Mais Imagens

24/7 - capitalismo tardio e os fins do sono

Em estoque

R$39,90
  • Autor Jonathan Crary
  • Tradução Joaquim Toledo Jr.
  • Design Flávia Castanheira, Elaine Ramos
  • Editora Ubu

características

Idioma português

Tipo brochura

com fita estampada colada

Formato 13,8 × 21 × 1 cm

Páginas 144

Peso 210 g

ISBN 978-85-92886-05-9

descrição

A disponibilidade para consumir, trabalhar, compartilhar, responder, 24 horas por dia, 7 dias por semana, parece ser a tônica da contemporaneidade. Jonathan Crary faz um panorama vertiginoso de um mundo cuja lógica não se prende mais a limites de tempo e espaço. Uma sociedade que funciona sob uma ordem que põe à prova até mesmo a necessidade de repouso do ser humano – a última fronteira ainda não ultrapassada pela ação do mercado.

 

No entanto, o capitalismo já se movimenta no sentido de se apoderar dessa esfera da vida: é o caso, por exemplo, das pesquisas científicas que buscam a fórmula para criar o “homem sem sono”. Embora o sono não possa ser completamente eliminado, pode ser profundamente atingido. Estudos sobre formas mais eficazes de tortura e sobre a criação de um estado de vigilância mais duradouro, que eram inicialmente restritos ao campo das técnicas militares, hoje visam atingir também trabalhadores e consumidores.  

 

Passando por referências como Godard, Deleuze, Aristóteles, Arendt e inúmeras outras, o livro ressalta ainda a importância do universo onírico, ameaçado pelas visões atuais que “tratam o sonho como um mero ajuste autorregulatório da sobrecarga sensorial da vigília”. 24/7 – capitalismo tardio e os fins do sono é uma instigante e perturbadora análise da realidade contemporânea. 

O que falam desta obra

 “24/7 é um dos melhores livros que li a respeito do desconforto que muitas pessoas sentem com alguns efeitos que acompanham a revolução digital: vigilância, quantificação constante da experiência cotidiana, sensação de falta de tempo e de atividade ininterrupta.”
Daniel Galera

 

 “Há uma competição global por atenção – uma hora a mais com o usuário acordado é uma hora adicional para ele ver anúncios, alimentar redes sociais, distribuir likes e coraçõezinhos ou outras atividades que geram receitas para alguma empresa. Não por acaso, o professor da Universidade Columbia Jonathan Crary chama a atenção para o caráter revolucionário do sono nos nossos dias.”
Ronaldo Lemos

Comentários

Qualidade
2 Review(s)

o que você achou do livro?

You're reviewing: 24/7 - capitalismo tardio e os fins do sono

How do you rate this product? *

  • Qualidade
    Alexandre Rocha
    depois de ler esse livro, tive outra dimensão da relevância do sonhar. Com referências clássicas das ciências sociais, literatura e cinema, o autor aborda como o capitalismo avança em todas as frentes, inclusive sobre o sono nosso de cada dia.
  • Qualidade
    Leda pasta
    ótimo! é curto, vale perder um tempo com ele e pensar o que a gente fez do nosso tempo, nos tempos de hoje.
x
cálculo de frete e prazo

tags

use espaços para separar as tags e aspas simples (') para frases.

recentemente visitados