Mais Imagens

  • Geraldo de Barros e a fotografia
  • Geraldo de Barros e a fotografia
  • Geraldo de Barros e a fotografia
  • Geraldo de Barros e a fotografia

Geraldo de Barros e a fotografia

Em estoque

Restam 2

R$159,90
  • Autor Geraldo de Barros
  • Organização Heloisa Espada
  • Design Celso Longo, Daniel Trench
  • Editora IMS
  • Coedição Edições Sesc São Paulo

características

Idioma português

Tipo capa dura

Formato 30,5 × 25,3 × 2,5 cm

Páginas 300

Peso 2067 g

ISBN 978-85-8346-017-6

Textos Heloísa Espada, Simone Förster, Tadeu Chiarelli, João Bandeira, Giovanna Bragaglia, Celso Longo, Daniel Trench

descrição

Livro reúne a produção artística de Geraldo de Barros, que durante cinco décadas trabalhou com a fotografia, a pintura e o design.

 

Com organização de Heloisa Espada, o livro aborda as três fase da produção de Geraldo de Barros. A primeira, que data dos anos 50 e que conta com naturezas mortas e abstrações, é destrinchada em textos que comparam sua obra do período com a fotografia experimental europeia do pós-guerra e que exploram sua controversa relação com o Foto Cine Clube Bandeirantes – um dos principais berços da fotografia moderna no Brasil.

 

Em seguida, temos sua produção dos anos 60 e 70 que, imersa no contexto da pop art e da apatia do concretismo, tece críticas ácidas à cultura de massa. Em análise escrita por João Bandeira, o livro se aprofunda na maneira com a qual Geraldo reforça – por meio do enquadramento de cenas de cartazes e de outdoors cobertos por ele mesmo com uma tinta rala – as fisionomias distorcidas e o caráter grotesco e pernicioso dos anúncios. Em seu processo de criação revelam-se as mudanças nos costumes da sociedade da época, bem como o caráter invasivo e artificial da publicidade.

 

A última parte da obra foi criada a partir do resgate de fotos e negativos da própria família do artista. Concebida já no fim da vida do autor – que faleceu antes de completar o trabalho –, essa fase adquire uma conotação mais trágica, que remete ao final da existência e funciona para Geraldo como uma edição das próprias memórias. Graças à parceria do Instituto Moreira Salles com o Sesc, o livro traz todas as 249 colagens de negativos e uma análise de Tadeu Chiarelli sobre o projeto.

Comentários

Qualidade
2 Review(s)

o que você achou do livro?

You're reviewing: Geraldo de Barros e a fotografia

How do you rate this product? *

  • Qualidade
    Ubu Editora
    Oi Amanda, a Edições Sesc são paulo está como co-editora do livro nos nosso créditos!
  • Qualidade
    amanda jones
    O Livro também é do Sesc São Paulo. Valeria o crédito.
x
cálculo de frete e prazo

tags

use espaços para separar as tags e aspas simples (') para frases.

recentemente visitados