Annie Le Brun

É poeta e ensaísta. Participou do movimento surrealista até sua dissolução, em 1969. Tratou de temas variados como a obra de Raymond Roussell e a guerra na antiga Iugoslávia. 
Com a inovadora leitura de Soudain un bloc d’abîme, Sade(Gallimard, 1986), renovou o campo de estudos sobre o Marquês de Sade, além de ser uma importante estudiosa da obra de Alfred Jarry. 
Publicou inúmeros textos poéticos, que se desdobram em uma escrita lírica, dedicada à celebração da paixão, e que foram reunidos em Ombre pour ombre (Gallimard, 2004). Em 2016 lançou seu primeiro livro no Brasil, O sentimento da catástrofe. 

Obras selecionadas: 

Soudain un bloc d’abîme, Sade (Gallimard, 1986) 

On n’enchaîne pas les volcans (Gallimard, 2006) 

O sentimento da catástrofe (Iluminuras, 2016)

Não encontramos produtos correspondentes ao filtro.