Charles Robert Darwin (Charles Darwin)

Naturalista britânico, Darwin cursou Medicina na Edinburgh University por dois anos e não continuou na faculdade. Lá, ele entrou em contato com as então chamadas teorias de transmutação, que o iniciaram em questões evolutivas nas quais, posteriormente, se aprofundou. 
Depois disso, ele passou a considerar uma carreira eclesiástica. Com 18 anos, foi estudar religião na Faculty of Divinity da University of Cambridge, mas também não se adaptou a esses estudos e, lá, passava a maior parte do tempo exercendo seu hobbie principal, a coleção de besouros. 
Voltando-se, enfim, à biologia, conquistou a fama por sua teoria de evolução por seleção natural. Sua tese de que os homens são descendentes do macaco gerou polêmica na comunidade científica, o que foi antevisto por Darwin, que esperou 20 anos para publicar seu trabalho. 
Darwin teve uma vida atribulada pela doença, sentia muitas náuseas. Ele se casou com sua prima e teve 10 filhos, dos quais 3 faleceram ainda crianças. Deixou anotações relativas a preocupações suas com complicações que poderiam surgir da procriação entre dois membros de uma mesma família. Trabalhou até o fim da vida e morreu em 1882. 

Obras selecionadas: 

The voyage of Beagle (1839) 

The descent of man (1871) 

A origem das espécies (Ubu, 2018) 

Não encontramos produtos correspondentes ao filtro.