Vilém Flusser

Filósofo tcheco, nascido em uma família de intelectuais judeus, Flusser se mudou para o Brasil em 1941 para escapar do nazismo, e atuou aqui como professor de filosofia, jornalista, conferencista e escritor. Seus trabalhos se concentram nas obras de Heidegger e de Wittgenstein, na fenomenologia e no existencialismo. Flusser deixou uma relevante contribuição às teorias acerca do design e da comunicação. 

Se formou em Filosofia pela Univerzita Karlova (UK), em Praga, entre 1938 e 1939. Ao longo da década de 60, já morando no Brasil, lecionou em faculdades como a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), colaborou regularmente com o Suplemento Literário do jornal O Estado de S. Paulo e, a partir de 1966, com o jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung. Além disso, ajudou a fundar a Faculdade de Comunicação e Marketing da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). 

Obras selecionadas: 

O mundo codificado: por uma filosofia do design e da comunicação (Ubu, 2017) 

A história do diabo (1965) 

Filosofia da caixa preta (1983)

Não encontramos produtos correspondentes ao filtro.