Mais Imagens

  • Efratia Gitai - Em tempos como estes
  • Efratia Gitai - Em tempos como estes
  • Efratia Gitai - Em tempos como estes
  • Efratia Gitai - Em tempos como estes
  • Efratia Gitai - Em tempos como estes

Efratia Gitai - Em tempos como estes

Seja o primeiro a comentar este produto

Em estoque

R$69,90
  • Tradução Paulo Geiger
  • Organização Rivka Gitai
  • Design Flávia Castanheira
  • Apresentação Amos Gitai
  • Editora Ubu
  • Coedição Mostra de Cinema de São Paulo e Ventre Studio

características

Idioma português

Tipo brochura

miolo em duas cores

Formato 13,5 × 21

Páginas 288

Peso 460 g

ISBN 978-85-7126-053-5

Imagens 45

Textos Amos Gitai

descrição

"Em tempos como estes, não temos escolha a não ser ir em frente e continuar vivendo", diz Efratia em uma de suas cartas.

 

Este livro reúne parte da correspondência de Efratia Gitai, uma mulher do século XX, de opinião própria, libertária, com posições feministas e ideais socialistas. As cartas vão de 1929 a 1994 e retratam, numa escrita saborosa e de um ponto de vista subjetivo, os contextos políticos e sociais em que ela vive, na condição de mulher e judia, numa Europa marcada pela guerra e pela constituição do Estado de Israel. Nascida ao pé do Monte Carmelo em Israel, em 1900, Efratia faz seus estudos na Europa, na Áustria, e depois na Alemanha, até que a investida de Hitler a faz retornar a Israel. Dos três filhos que ela tem com o engenheiro Munio Gitai, o primogênito morre, o segundo é o cineasta Amos Gitai. Através de suas cartas se entrevê uma mulher inteligente, culta, esclarecida. As cartas misturam sentimentos pessoais e discussão política e cultural. Em uma delas, Efratia descreve a sessão de Luzes da Cidade, de Charles Chaplin, que ela assistiu no lançamento, em 1931. Em outra, responde a seu pai, discordando de sua posição política.

  

“Efratia, como as mulheres de sua geração nascidas em Israel, não é uma mulher da diáspora. Não é também israelense. Israel ainda não existe. Essa geração vai inventar sua pertença. Efratia escreveu cartas durante toda a sua vida. Desde nova, ela as conservou, como que para reter os momentos de sua história, como se o íntimo incarnasse o destino dessa terra. As cartas deste livro falam da vida de uma mulher, Efratia, minha mãe, de suas reflexões íntimas e de suas hesitações de jovem menina, de sua sede por independência, de seus debates apaixonados com o pai sobre o destino do país, o amor, o culto à amizade e à maternidade, além do luto, da velhice e dos momentos difíceis. Ainda escuto sua voz, seu hebraico arcaico de alguém que queria que os filhos falassem o hebraico moderno, dos nossos tempos.” – Amos Gitai

O que falam desta obra

“Grande leitora, intelectual e viajante, Efratia nos encanta com seu gosto ilimitado pela vida, e a energia com que atravessa todas as provações da existência, os momentos bons e ruins. Os leitores... se surpreenderão pela beleza de sua escrita, lindamente traduzida do hebraico, suas visões política e histórica, sua alegria de viver, seu gosto por paisagens, pela de Monte Carmelo, onde viveu com seu marido Munio, arquiteto de Bauhaus, mas também pelas ruas frias de Londres, ou um dos lagos da Finlândia.”

Jeanne Moreau

Comentários

o que você achou do livro?

You're reviewing: Efratia Gitai - Em tempos como estes

How do you rate this product? *

x
cálculo de frete e prazo