Pierre Clastres

Nascimento: 1934, Paris, França

Formou-se em filosofia na Sorbonne em 1957 e, durante os anos de licenciatura, começou a se interessar por estudos etnológicos, acompanhando os cursos de Claude Lévi-Strauss no Collège de France. Em 1963, acompanhado de sua mulher, Hélène Clastres, teve sua primeira experiência de campo entre os Guayaki no Paraguai, onde permaneceu cerca de um ano. Em 1965, defendeu sua tese de doutorado La vie sociale d’une tribu nomade: les indiens Guayaki du Paraguay, na Sorbonne, e lecionou no antigo Departamento de Ciências Sociais da USP, em São Paulo. Na França, paralelamente à investigação empírica, foi diretor de pesquisa no CNRS (Centre National de la Recherche Scientifique) e membro do Laboratoire d’Anthropologie Sociale do Collège de France. Clastres morreu em um acidente de carro em 1977.

Obras selecionadas:

Crônica dos índios Guayaki (1972)

Le Grand parler – mythes et chants sacrés des Indiens Guarani (1974)

A sociedade contra o Estado (1974)

Arqueologia da violência (1977)


Autor

A sociedade contra o Estado

Clássico de antropologia política, a obra defende que a ausência do Estado nas sociedades primitivas decorre de um exercício...
ver mais

R$ 52,90